quarta-feira, 23 de abril de 2014

Causas da HBP ( aumento benigno da Próstata)

Causas da HBP

Normalmente, as causas, são deficiências nutricionais no nosso organismo, que aparecem com a idade e/ou com os abusos que fazemos. Quem lhe disser que é por causa da Testosterona... não sabe bem o que diz!
Essas deficiências (crónicas) podem ser supridas pelos nutrientes em falta. Por isso se criou a formula nutricional e sinergética do "SSP3-Forte", que contém tais nutrientes. Ele ajuda a resolver eficazmente o problema da HBP, pode ter a certeza.


Agora vou explicar porque se criou este suplemento nutricional  "SSP3-Forte, Prostate & Virility Formula" e porque tanto se tem divulgado a todos os homens que sofram de HBP:

- É muito simples...PORQUE É EFICAZ !
E tudo o que possa aumentar a qualidade de vida num homem com HBP, é sempre muito bem-vindo. 

Passo a explicar:
- Se sofre de HBP ou HPB, vulgarmente conhecido pela próstata aumentada, a medicina convencional (aquela que mais conhecemos) não lhe dá muita escolha.
O tratamento normal é com remédios químicos (fármacos) que lhe podem tirar a sua masculinidade e virilidade ou com uma operação horrível que se chama "Ressecção TransUretral da Próstata" (TURP). Por vezes chama de “raspagem à próstata”.

Deixe-me contar-lhe o que é (porque nenhum médico lhe vai contar), para que possa saber porque é que a deve evitar até ter tentado todas as opções oferecidas pelas Medicinas Alternativas ( eu prefiro a Nutricional, por ser a melhor para problemas crónicos como a Hipertrofia Prostática Benigna ).

Instrumentos que cortam tecido são introduzidos pela uretra acima até chegar à próstata.
Uma vez aí, as zonas hipertrofiadas da próstata são cortadas.
A ideia de cortar um órgão, fatia a fatia sanguinolenta, sempre me horrorizou.

Os pacientes que passaram por isto sabem claramente que o período pós-operatório também não é coisa fácil.

Há uma tendência para sangrar e perder fluidos e as infecções pós-operatórias aparecem quase de certeza .

Pode ficar surpreendido ao saber que, segundo vários estudos, até a expectativa de vida diminui - em grande parte devido a um aumento de mortalidade cardíaca.

O desempenho sexual também fica comprometido chegando mesmo à impotência total.
A incontinência é, ainda, outra das consequências frequentes; ter de ficar a usar fralda para o resto da vida, já pensou?

... E não acaba aqui. Alguns efeitos secundários a longo prazo, colectados estatisticamente, incluem:
• Incontinência urinária em 5 por cento dos pacientes e impotência permanente em 10 por cento.
• A maioria dos pacientes pós-TURP sofrem de "ejaculação inversa" (O sémen vai para dentro e não para fora). O que certamente afecta a fertilidade masculina.
• E 70 por cento dos que sofrem de ejaculação inversa também sofrem de diminuição ou mudança na intensidade do orgasmo.
• Pior de tudo é que, depois de tudo isto, a TURP não é o tratamento definitivo. Nem existe tal tratamento, porque a HBP é um problema crónico. A TURP apenas pode aliviar temporariamente os sintomas da HBP.

Não é intenção deste texto assustá-lo ou alarmá-lo!
O que se pretende é avisá-lo para estes fatos que podem ser evitados e poupar-lhe muitas situações desagraveis, por vezes permanentes para o resto da vida.

Pense por um momento sobre o resto da sua vida se estiver no grupo com sintomas!
Mas, estas preocupações não têm que lhe dizer respeito. Porque, utilizando uma alternativa nutricional e natural, uma próstata hipertrofiada pode quase sempre ser controlada sem cirurgia. Portanto, pode evitar a TURP.
A 1ª atitude é pela alteração de alimentação e de seu estilo de vida diária. ( se quiser saber como, comente e pergunte-me.)
A 2ª é usar diariamente o suplemento “SSP3-Forte, Prostate & Virility Formula”. Ele pode fazer muito por si, tal como tem feito por muitos homens na Europa.

Em caso de dúvidas, pergunte ao médico sobre a TURP. Pergunte se ele se deixava operar à HBP sabendo que há outras Alternativas melhores, mais eficazes e não dolorosas (como o SSP3-Forte).

Na minha opinião, até é melhor consultar sempre mais do que um médico, para assim poder chegar a uma conclusão mais fiel. Nunca fique com uma única avaliação, quer no consultório quer nos exames.

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Problemas de Próstata e as Gorduras Alimentares boas


A “Big Pharma”  (a Indústria Farmacêutica) está provavelmente  esperando que estes últimos resultados de investigação não façam as manchetes dos jornais revistas ou noticiários.

Pesquisadores revelaram que o segredo para reduzir seu risco de morrer de câncer de próstata - e outras doenças - pode ser tão simples como fazer algumas pequenas trocas de alimentos:
" Homens com câncer de próstata pode melhorar significativamente suas chances de sobrevivência com uma simples mudança em sua dieta. "

O fato triste é que esta notícia potencial salva-vidas , provavelmente, não chegou às manchetes, mas a verdade é que esta é uma grande notícia que os homens em todo o mundo precisam saber .

Gorduras boas contra gorduras prejudiciais

Para começar, toda a "guerra contra a gordura" foi um erro enorme. Temos certeza que ninguém ficou mais saudável ​​por causa disso ... se alguma coisa,  talvez exatamente o oposto.
Isto porque nunca se informava que há gorduras que o nosso organismo precisa, que são as gorduras boas e as que são dispensáveis, apesar de estarem nos alimentos e que só são más quando ingeridas em excesso ou constantemente.
Tudo era colocado como mau, Hoje sabe-se que se estava bem longe da verdade!

Mas se você tem câncer de próstata, indo junto com este dogma de baixo teor de gordura, pode colocar sua saúde ainda em maior risco. Porque as gorduras não são todas iguais.

Se um medicamento (fármaco)  oferecesse o tipo de resultados que os investigadores encontraram com estas mudanças simples na dieta , bem, você pode imaginar o que aconteceria . Os benefícios dessa droga de medicamento estariam fazendo manchetes em toda a impressa e TV e as páginas dos blocos de receita dos médicos estariam voando numa velocidade recorde.

No entanto, aqui está uma forma de melhorar significativamente as suas chances com câncer de próstata que são simples, não têm efeitos colaterais  e que qualquer um pode começar agora .

Pouco ou nada se ouve ou se ouviu falar disto. Então eu  resolvi traduzir este estudo e falar sobre ele aqui, porque acho indispensável que todos saibamos como a nutrição é um importante muito de tratamento e cura, sobretudo nas doenças crônicas degenerativas.

Os pesquisadores descobriram que, aqueles homens que substituíram por  algumas gorduras vegetais saudáveis ​​(incluindo nozes) alguns carboidratos como batatas, massas, arroz branco, feijão e grão,  todos os dias, os  homens  que tiveram câncer de próstata, apresentavam " risco muito marcante " de não morrer por causa desta doença .

E os valores dessas substituições por  “gorduras saudáveis” eram muito pequenas.

A melhor parte é que você não tem que mudar toda a sua dieta e passar a comer somente nozes e galhos mergulhados em azeite, ou algum alimento raro que  você não consegue sequer pronunciar .

Ao substituir apenas 10 por cento das calorias de carboidratos por uma boa gordura vegetal (azeite, por exemplo) , os pesquisadores definiram um risco 26 por cento menor de morrer de qualquer doença. Ou seja,  o seu sistema imunológico fica mais fortalecido e combate mais eficazmente qualquer doença.

Melhor ainda, eles descobriram que,  substituindo apenas  10% da gordura animal por  gordura vegetal  em sua dieta,  estava associado a uns fantásticos 34 por cento de menor risco de morrer  de doenças.

 O investigador principal do estudo deu alguns exemplos. Podem não parecer excessivamente emocionantes, vamos falar de alguns mais comuns. Você não tem que se tornar um vegetariano ou começar a ingerir bebidas de cor verde três vezes por dia...

Aqui está o que eles, os investigadores, sugeriram para você começar:

• Substituir uma meia xícara de arroz branco ou espaguete com salada coberto com uma colher de sopa de azeite.

• Em vez de uma batata, tem metade de um abacate. Comer mais peixes gordos, como a sardinha e o salmão.

• Substituir o feijão por batata-doce. Comer mais crucíferas. Mais sopas sem batatas e com azeite.

As descobertas mais notáveis ​​ no estudo foi que, aqueles  homens que comiam mais quantidade de gordura vegetal – incluindo azeite, nozes, avelãs,  amêndoas, castanha do Pará ( nada de amendoins)  - após seu câncer ter sido diagnosticado , eles desenvolveram  um risco 36 por cento menor de morrer da doença do que o grupo que comeu menos quantidades dessas gorduras boas.

Os pesquisadores concluíram que estes óleos vegetais saudáveis ​​"gorduras das sementes” baixam os níveis de insulina e o colesterol prejudicial (LDL) e também aumentam a sua ingestão de antioxidantes. Ora, tudo isto é muito importante para o bom funcionamento do sistema imunológico.

As gorduras trans (encontradas na margarina e em outros alimentos processados) , por outro lado , teve o resultado oposto. Na verdade, os homens que consumiram um mero 1% de calorias provenientes de carboidratos com gordura trans, aumentaram o seu risco de morrer em 25 por cento!

Este tipo de aditivo é uma substância inventada pelo homem, chamado de “óleo parcialmente hidrogenado " muito utilizado nos alimentos embalados industrialmente, é feita por alterar quimicamente gordura por uma razão - para aumentar o prazo de validade do produto. 
O pior é que pode encurtar seu ...



Fontes:
“Men with prostate cancer should eat healthy vegetable fats” Elizabeth Fernandez, UCSF press release, ucsf.efu
“Vegetable fat linked to longer life for prostate cancer patients” Daily Health News

domingo, 30 de março de 2014

Próstata e os tratamentos - Fármacos para tratar a HBP (próstata aumentada), convém saber.


Há 2 tipos de doenças:

1) As que você “pega”, contrai, devido a um vírus ou uma bactéria
2) As que você desenvolve no seu corpo com o tempo. Estas são as doenças crónicas degenerativas.

As principais doenças crónicas degenerativas de hoje, são:
- A hipertensão
- A diabetes
- A hipercolesterolemia
- A Homocisteína alta
- As doenças cancerosas
- O aumento da Próstata (HBP).

A melhor maneira de tratá-las é começar por consultar mais que um médico, sempre!
Nunca deve ficar apenas com uma opinião, em especial no caso da HBP, que é o assunto principal desta página.
Um bom profissional de saúde é aquele que, em doenças crônicas degenerativas, não vai logo receitando fármacos (drogas medicamentosas) ou cirurgia como primeira opção de tratamento. Porquê? Porque não é o caminho mais correto visto que os fármacos e/ou a cirurgia, no caso específico da HBP, apenas eliminam os sintomas , não resolvendo o problema e, ainda pior, têm muito efeitos colaterais que normalmente são muito agressivos, prejudicando ainda mais o homem.
É importante saber que, para resolver o problema tem de eliminar a causa (da HBP). Ora isso, só com suplementação e orientação alimentar. Nada de químicas sintéticas, que são as drogas medicamentosas inventadas pelos grandes laboratórios que, para eles, é o único caminho certo.

Atenção: ninguém fica doente por falta de remédios ( fármacos). Fica-se doente por falta de nutrientes (má nutrição).

Por estas razões é que você encontra o tratamento correto para a HBP com o “SSP3-Forte”, que lhe evita a cirurgia ( com todos os problemas pós-operatórios que podem surgir, como hemorragias, incontinência, impotência sexual ou doença de Peyronie) e também as drogas medicamentosas (Finasterida, Dutasterida, etc) que tantos efeitos colaterais indesejáveis causam, incluindo até doença cancerosa na mama do homem(!!!).

Eis alguns desses efeitos colaterais ou secundários, tirados das respectivas bulas:
- Os efeitos secundários da DUTASTERIDA mais comuns, relatados nos ensaios clínicos foram: impotência, diminuição da líbido, perturbações da ejaculação, redução na contagem total de esperma, no volume do ejaculado e motilidade do esperma, bem
como aumento do volume mamário e/ou dor.
Registaram-se casos muito raros de reações alérgicas incluindo erupção cutânea, prurido, urticária e edema localizado.
- Os efeitos secundários mais freqüentes da FINASTERIDA são a impotência e a diminuição do desejo sexual.
Perturbações do foro psiquiátrico
Diminuição da libido
Doenças dos órgãos genitais e da mama
Impotência, diminuição do volume de ejaculado
Distúrbios na ejaculação, sensibilidade mamária/aumento da glândula mamária nos homens.
Finasterida pode afetar os resultados das determinações laboratoriais de PSA.
Além disso, foi notificado em ensaios clínicos e no uso pós-comercialização, câncer da mama no homem.

Ficar impotente e com mamas desenvolvidas...com possibilidade de doença cancerosa.... já pensou? ...Que horror!!!

Na minha opinião, isto é um ataque químico de castramento e à masculinidade/ virilidade do homem!

...E nenhum médico urologista o avisa quando vai a uma consulta e ele lhe receita estes fármacos, pois não?

Então, agora eu o AVISEI!
Fique sempre atento e leia sempre as BULAS de todos os fármacos que lhe receitam. Consulte sempre vários médicos.

domingo, 2 de março de 2014

As Abelhas e a Próstata ...e muito mais!

Como é que as abelhas podem ajudar a combater e a eliminar as células cancerosas (da próstata) , entre outros problemas de saúde?

Com a ajuda da Propólis que ela produzem!



Caro Amigo e Leitor

Tido como um dos antibióticos mais potentes da natureza, a propólis, proteja o seu sistema imunitário com a ajuda deste escudo natural.

Pro – antes, e Polis – cidade. O termo propolis tem origem na Grécia antiga, onde significava “defesa da cidade”. A cidade, neste caso, será a colmeia onde vivem as abelhas. A própolis desempenha um papel importantíssimo na defesa da colmeia contra a invasão e proliferação de microorganismos (fungos, bactérias, vírus). Poderá dizer-se que a própolis funciona como que um “sistema imunitário” da colmeia.

Esta capacidade desinfectante e protectora da propolis despertou um interesse, no homem, relativo à sua utilização. Os gregos reconheceram-lhe propriedades curativas e cicatrizantes, e utilizavam-na em feridas e determinadas doenças. Hipócrates, o pai da medicina moderna, prescrevia a própolis para tratar ferimentos e úlceras, quer a nível externo como interno. Os egípcios, que sempre consideraram a abelha como um animal sagrado, símbolo de coragem e o valor, também usaram a própolis para tratar inúmeras doenças. A própria mitologia romana refere esta substância.

O interesse dos europeus pela própolis surge com John Gerard na sua famosa “História das plantas”, de 1579, onde a própolis vem referida como uma substância com potencial efeito eficaz no alívio e cura de muitos problemas de saúde.
Com o desenvolvimento da medicina moderna, a própolis, assim como outros produtos de origem natural, caiu no esquecimento. Foi nos últimos 20 a 30 anos, particularmente na Europa oriental, que se começou novamente a utilizar a própolis pelas suas propriedades curativas, de forma a poder estudar e avaliar de uma forma mais objectiva e científica o seu potencial terapêutico.

O que é a própolis?
Trata-se de um conjunto de substâncias recolhidas na natureza pelas abelhas, que depois é trabalhado pelas suas glândulas salivares, resultando uma massa final de aspecto peganhento e colante.  As abelhas revestem a colmeia com esta gomo-resina vegetal, criando o ambiente mais estéril conhecido na natureza. Envernizando os favos, da parede ao tecto, a propólis impede a proliferação de micróbios e vírus, e ainda serve para embalsamar inimigos que invadam o colmeia. A composição da própolis engloba 50% de resina recolhida das árvores e plantas, 30% de ceras, 10% de óleos essenciais e 5% de pólen. Além destes ingredientes, a própolis possui ainda uma enorme variedade de aminoácidos, vitaminas, minerais e bioflavonóides, sendo estes últimos apontados como um dos ingredientes mais activos no processo de regeneração.

Aplicações terapêuticas
Antibiótico natural sem efeitos secundários, é assim que muitas vezes a própolis é designada. Investigações recentes do Instituto Nacional do Coração e do Pulmão de Londres demonstraram que a própolis tem a capacidade de destruir algumas bactérias que se revelaram resistentes a alguns dos antibióticos modernos sintéticos.
Nos últimos 20 anos inúmeros estudos e pesquisas científicas têm sido conduzidas a propósito da substância, não só na America como também na Europa, onde o uso desta substância é muito comum.

Entre outras aplicações, a própolis tem sido usada:

  • Em problemas do aumento da próstata (HBP) e do combate ( 500mg/ dia) ás células cancerosas, porque aumenta  a quantidade de células macrofágicas no sistema imunulógico e, também, porque atrasa o proliferação dessa células malígnas ( J.Ethnopharmacol, 207; 113 (1): 1-14 ; Forsch Komplementarmed.1999;6(5):256-260; University of Chicago Medicine – Cancer Prevention Research, 2012; 5: 788)
  • Os chineses crêm que esta substância pode ser muito benéfica em situações de hipertensão, arteriosclerose ,  problemas circulatórios e doenças coronárias. 
  • Nos problemas gastrointestinais, cientistas e médicos russos demonstraram que a própolis pode ajudar a prevenir úlceras e abcessos, assim como acelerar o processo de cicatrização de algumas doenças do foro gástrico.
  • A própolis é também muito usada em problemas de pele. Algumas investigações americanas, polacas e russas demonstraram que a acne, alergias, herpes e outros problemas dermatológicos respondem bem à terapia com própolis.
  • Além destas aplicações, à própolis é ainda atribuída a capacidade de ajudar a aliviar alguns problemas femininos, como sejam períodos menstruais dolorosos assim como infecções vaginais.

Da colmeia para o mercado
A propólis pode ser tomada como suplemento alimentar, sendo útil como agente preventivo de constipações, tosse, gripes e outro tipo de viroses. Em tintura, também revelou ser realmente efectiva para proteger as vias respiratórias. Em produtos de cosmética, sejam cremes, batons, ou pastas dentífricas, apresenta uma acção protectora e regeneradora da pele e mucosas externas.

Não precisamos de defender a nossa cidade, mas é realmente importante defender o nosso corpo e a nossa saúde, fortalecendo o nosso sistema imunológico. A própolis pode ser mais uma boa opção para completar a sua alimentação diária.


terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Homens, o envelhecimento, os problemas de Próstata

Para os homens, o passar do tempo, o  envelhecimento pode ser cruel ...

Uma vez que você passe os  50 anos de idade , você tem 75%  de chance de desenvolver algum problema com a sua próstata ...  um aumento da próstata ou uma infecção, ou uma inflamação ... ou algo pior, como câncer de próstata.

Problemas de próstata desenvolvem-se lentamente ao longo dos anos, com  os sintomas muitas vezes passarem despercebidos - ou mesmo ignorados - até que acontece o inevitável ...

Mas, mesmo se você estiver com menos de 40 , você não está imune ...

Por exemplo, houve um aumento de seis vezes em casos de câncer de próstata em menores de 50 anos nos últimos 30 anos apenas ...

... o que significa que o problema está apenas ficando pior e pior, para os homens em toda parte.

Então, o que é um homem deve fazer? Sofrer diversos testes invasivos , biopsias, exames , medicamentos ( entre eles, fármacos que são castradores químicos) - ou pior , a cirurgia – correndo os  riscos ou efeitos colaterais que todos têm ... ?

Melhor você assumir o controle da saúde de sua próstata antes de ela tomar o controle de você ! Não faça uma “espera vigiada” como muitas vezes é o conselho que lhe dão. Comece já a controlar a a ajudar a sua próstata, com um suporte nutricional especialmente criado para isso.

Porque, quanto mais rápido você agir , maior  será a chance que você tem de orientar e de tratar os problemas de próstata completamente.

Bem, já há uma nova esperança para quem sofre de próstata em toda parte ...

A formula natural com provas dadas, o ... " SSP3-Forte , Prostate&Virility Formula”:

Apenas 2 cápsulas por dia, deste suplemento natural  e você pode proteger sua próstata para que ela não aumente (HBP) , evitar a cirurgia e outros problemas.


Para mais informações, procure no Google por " SSP3 - Forte "

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Prostata e Cerveja


Porque você deve beber cerveja com bastante moderação


A HBP (próstata aumentada) é causada por alterações que ocorrem nos níveis de produção hormonal, sendo que à medida que se envelhece tornam-se mais prováveis estas alterações.

Os níveis de testosterona decaem e os níveis de outras hormonas sexuais aumentam, como é o caso da Prolactina. A Prolactina eleva a produção da 5-alfa dihidrotestosterona (DHT), que é uma potente hormona que estimula o aumento da próstata. Com a idade  o seu organismo tem mais dificuldade em reduzir a produção de DHT.

Os níveis da Prolactina aumentam com o consumo de cerveja, por isto aconselha-se que você reduza o seu consumo a  apenas 1 copo ocasionalmente.

Outros fatores como o stress, como a obesidade, a pressão alta, o colesterol alto e a diabetes podem agravar a Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP).

Por exemplo, os níveis excessivos de insulina, normalmente encontrados em pessoas com diabetes tipo 2, podem estimular o crescimento da próstata. (European Urology 25 (1-Suppl.): 6-9, 2001). 
Daqui em diante faz sentido você seguir uma alimentação de baixo índice glicémico ( excluindo açucares e limitando ao máximo os amidos, café e álcool) para manter o seus níveis de insulina baixos no sangue.

Uma boa maneira de proteger a saúde da próstata é usar um suplemento alimentar de alta qualidade. Para isto foi criado o SSP3-Forte. De fabrico europeu, ele fornece ao organismo os nutrientes específicos (e sinergéticos)  ao bom funcionamento e proteção da próstata, regredindo o seu tamanho para níveis normais. Isto evitará muitos problemas na saúde sexual masculina como a impotência. Outros problemas como a incontinência e, até mesmo a cirurgia ( que frequentemente tem problemas pós-operatórios), também podem ser evitados, se o SSP3-Forte for tomado com regularidade.

Para mais informações procure no Google por “ SSP3-Forte”..

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Tratamento da Próstata com remédio natural, video no youtube

É Homem e tem mais de 40 anos?
Foi-lhe diagnosticado HPB?

Veja este video... se puder repasse aos seus amigos, alguns  no futuro irão certamente agradecer-lhe muito.

Divulgo, porque acho Importante os homens saberem que esta deve ser a 1ª alternativa antes de usar outros métodos normalmente receitados.

Podem assim evitar a cirurgia e/ou os remédios farmacêuticos, que nos deixam impotentes, sem libido, com as mamas desenvolvidas e com risco de outros problemas colaterais desagradáveis como a ejaculação retrógrada, a incontinência urinária por causa da cirurgia ( sem poder ter sexo e  usando fraldas o resto da vida...já pensou ?).

Video, clique neste link: