quarta-feira, 14 de março de 2018

Homens após os 50 anos de idade


A PARTIR DOS 50 ANOS, uma condição torna-se bastante comum entre os homens, é o CRESCIMENTO DA PRÓSTATA (HBP ou HPB).
- A chance de apresentar hiperplasia benigna dobra a cada década do homem. É a doença não cancerosa mais comum da próstata.
- A hiperplasia prostática prejudica a qualidade de vida do homem e muda sua rotina, afetando o desempenho no trabalho, no humor, no casamento, na vida se xual. O principal sintoma é o aumento da frequência para urinar.
- Algumas condições favorecem o crescimento da próstata: fatores genéticos, diabetes, obesidade, alcoolismo e tabagismo. Ter uma vida saudável, com alimentação equilibrada e sem cigarro, podem ajudar a diminuir as chances de apresentar o problema. É importante também procurar o urologista com frequência após os 40 anos.
Próstata aumentada (HPB), sintomas de Alerta:
· Problemas urinários.
· Incapacidade de urinar, ou dificuldade em iniciar ou parar o fluxo de urina.
· Necessidade frequente de urinar, principalmente à noite.
· Fluxo de urina fraco ou intermitente.
· Dor ou ardor durante a micção.
· Dificuldade em ter uma ereção.
· Sangue na urina ou no sémen.
· Dor frequente na zona inferior das costas, nas ancas ou na zona superior das coxas.
Caso sinta algum destes sintomas, consulte o seu médico para ter um diagnóstico correto.
Se já lhe foi diagnosticado HPB pelo seu médico, peça aqui informação para saber como pode fazer para tratar esse problema e evitar a cirurgia, sem os medicamentos químicos (fármacos) normalmente receitados. Fique sabendo do melhor tratamento usado por milhares de homens com grande eficácia. Clique neste link:

Cura da próstata aumentada


Próstata aumentada (HBP), como se Resolve o Problema Naturalmente Sem químicos sintéticos (fármacos) e Evita a Cirurgia.

Se o seu médico lhe diagnosticou HBP (ou HPB) e você procura a solução correta e sem efeitos colaterais, eu sempre indico aos meus pacientes o suplemento alimentar nutriterápico chamado “SSP3 Forte”.

Use-o durante 90 dias seguidos na dose correta e começará a sentir bons resultados.

Na minha opinião, tenho mais de 20 anos de experiência, SSP3-Forte é a melhor alternativa aos fármacos para tratar a HPB, normalizando o PSA e o tamanho da próstata, mantendo-a funcional e saudável, o que também irá ajudar a recuperar e a melhorar o seu desempenho sexual.

Pode ler mais sobre este nutriterápico natural clicando neste link:

Dutasterida e Tansulosina

 OS EFEITOS ADVERSOS que ninguém lê nas bulas. Toma algum medicamento com algum destes componentes químicos sintéticos (fármacos), ou com ambos?

DUTASTERIDA
É um inibidor duplo de 5α-redutase. Inibe as duas isoenzimas de 5α-redutase, tipo 1 e tipo 2, que são responsáveis pela conversão de testosterona para 5α-diidrotestosterona (DHT). DHT é o principal androgênio responsável pela hiperplasia do tecido prostático glandular. Trata e previne a progressão da hiperplasia prostática benigna (HPB), promove o alívio dos sintomas e diminui o tamanho (volume) da próstata, além de melhorar o fluxo urinário e reduzir o risco de retenção urinária aguda (RUA) e a necessidade de cirurgia relacionada à HPB.
QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR? Impotência (disfunção eréctil), Libido diminuída, Distúrbios de ejaculação (ejaculação retrógrada), Ginecomastia (aumento do tamanho e da sensibilidade das mamas nos homens).

CLORIDRATO de TANSULOSINA
É indicado para o tratamento dos sintomas do trato urinário inferior associados à hiperplasia prostática benigna (HPB).
QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?
– Tontura e distúrbios da ejaculação, incluindo ejaculação retrógrada e falha na ejaculação.
- Cefaleia (dor de cabeça), palpitações, hipotensão ortostática (queda da pressão ao levantar-se), rinite, constipação (prisão de ventre), diarreia, náusea (enjoo), vômitos, erupção cutânea (vermelhidão), prurido (placas elevadas e descamação na pele), urticária (coceira), astenia (sensação de fraqueza).
– Síncope (desmaio), edema angioneurótico (inchaço da língua, lábios e garganta).
– Reações muito raras: priapismo (ereção prolongada e dolorosa, não relacionada com atividade sexual) e Síndrome de Stevens Johnson (manifestação grave na pele, com surgimento de bolhas).
– Reações de frequência desconhecida (observadas no período pós-comercialização): visão embaçada, deficiência visual, epistaxe (sangramento nasal), eritema multiforme (erupções nas mucosas e na pele), dermatite esfoliativa (doença de pele com intensa descamação), boca seca.

Experiência pós-comercialização: além dos eventos adversos listados anteriormente, têm sido reportado casos de fibrilação atrial (batimento alterado do coração), arritmia (alteração do ritmo do coração), taquicardia e dispneia (falta de ar) associados ao uso da tansulosina. Esses eventos são relatados espontaneamente em todo o mundo a partir da experiência pós-comercialização, por essa razão a frequência desses eventos e o papel da tansulosina em sua causalidade não pode ser determinado com segurança

A alternativa natural de tratamento que evita tudo isto:
- Se o seu médico lhe diagnosticou hiperplasia prostática (ou HPB) e você procura a solução correta e sem efeitos colaterais  alternativa aos fármacos para a tratar HPB, normalizando o tamanho da próstata e também ambos os PSA, evitando a cirurgia, clique neste link:

terça-feira, 13 de março de 2018

Mesilato de doxazosina - Informação

 Ao Tratar a Próstata Aumentada, normalmente receitam-lhe fármacos (medicamentos químicos sintéticos). Os efeitos colaterais são muitos. Você quer resolver um problema de saúde e acaba ficando com muitos outros.
NINGUÉM LHE FALA DISTO na consulta; veja alguns dos efeitos colaterais comuns de medicamentos receitados para a HPB (próstata aumentada), como a doxazoxina:
- Sistema nervoso autônomo: Boca seca, priapismo.
- Gerais: Reação alérgica, dor nas costas, rubor, dor, aumento de peso.
- Cardiovasculares (geral): Hipotensão (pressão arterial abaixo do normal), hipotensão postural.
- Sistema nervoso central e periférico: Hipoestesia (diminuição da sensibilidade ao toque em determinada região do corpo), parestesia (sensações cutâneas como formigamento, pressão, frio ou queimação nas mãos, braços, ou pés, mas que também pode ocorrer em outras partes do corpo), tremor.
- Endócrino: Ginecomastia (aumento anormal das mamas nos homens)
- Gastrintestinais: Dor abdominal, constipação, diarreia, dispepsia, flatulência, vómito.
- Hematopoiéticos: Leucopenia (redução no número de leucócitos), púrpura (surgimento de manchas vermelhas na pele), trombocitopenia (redução do número de plaquetas no sangue).
- Hepático/biliar: Testes da função hepática anormais, colestase (bloqueio mecânico nas vias biliares), hepatite, icterícia (coloração amarela da pele, mucosas e escleróticas).
- Músculo-esquelético: Artralgia (sintomatologia dolorosa associada a uma ou mais articulações do corpo), cãibra muscular, fraqueza muscular, mialgia.
- Psiquiátricos: Agitação, anorexia, ansiedade, depressão, impotência, insônia, nervosismo.
- Respiratórios: Agravamento de broncoespasmo, tosse, dispneia, epistaxe.
- Pele e anexos: Alopecia (perda de cabelo), prurido, rash, urticária.
- Órgãos dos sentidos: Visão turva, zumbido (tinido).
- Sistema urinário: Disúria (dor ao urina), hematúria (sangue na urina), distúrbio urinário, aumento da frequência urinária, noctúria, poliúria, incontinência urinária.

segunda-feira, 12 de março de 2018

A alimentação de hoje vai provocando doenças



Os alimentos processados e as doenças de hoje.

Quanto mais natural a alimentação, melhor. Esta é a conclusão de milhares de cientistas, nutricionistas, médicos e pensadores honestos, que não deixam de apontar a relação directa existente entre a dieta moderna e as doenças terríveis que se desenvolvem e assolam hoje a humanidade.

Mas o sinal contrário é dado por indústrias que procuram o lucro fantástico com a artificialização dos alimentos e, também, com a doença.

Os alimentos processados são responsáveis por muitas das doenças que desenvolvemos ao longo da vida. Alguns exemplos desses alimentos:
  • Leite pasteurizado
  • Carnes embaladas, moídas, congeladas ou resfriadas
  • Grãos secos embalados, como arroz e feijão
  • Raízes e hortaliças embaladas
  • Óleo, açúcar, sal e gorduras hidrogenadas (margarina)
  • Frutas em calda
  • Frutas cristalizadas na qual é adicionado o açúcar
  • Cenoura, picles e milho preparados em salmoura (solução à base de água e sal)
  • Presunto
  • Queijos, pães e massas
  • Biscoitos recheados
  • Chocolates
  • Salgadinhos
  • Refrigerantes
  • Água com gás
Alguns dos piores alimentos processados são:
·        Pipoca de micro-ondas
·        Nuggets de frango
·        Batatas fritas de pacote
·        Barras de granola
·        Biscoitos, Bolachas e afins
·        Margarina
·        Salgadinhos
·        Bebidas em pó
·        Carnes processadas
·        Cereais matinais
·        Refrigerantes carbonatados

A atitude de agentes sem escrúpulos está dizimando a população mundial por meio de doenças crónico-degenerativas.

A maioria das pessoas, após uma certa idade, sofrem todas das mesmas doenças e estão sob o mesmo tipo de medicação.

Doenças cancerosas, ataque de coração, diabetes, hipertensão arterial, derrame cerebral (AVC), úlcera no estômago, doenças respiratórias, trombose e gangrena, são as consequências mais comuns dos erros alimentares constantes.

Nem as guerras conseguem matar e mutilar tantas pessoas. Muitas doenças actualmente consideradas comuns, há cem anos raramente se sofria delas e eram quase desconhecidas.

Como se despertassem de um sono profundo e demorado, as doenças surgiram repentinamente, ameaçando o equilíbrio da humanidade. Em 1910, a doença coronária era raridade medica. Actualmente é enfermidade que mais mata no mundo. Situação semelhante acontece com a diabetes e com as doenças cancerosas.

No Brasil, por exemplo, a cada dois minutos, uma pessoa é vitimada por problemas cardíacos. Anualmente, são 300 mil mortes! Doenças como cardiopatia coronária, apendicite, diverticulose, varizes, hemorróidas, hérnia de hiato (refluxo), problemas da próstata e doenças cancerosas emergiram nos nossos dias como cataclismo.

Os motivos do avanço destas enfermidades tão comuns está claro: a alimentação moderna.


sábado, 10 de março de 2018

Tratamento para a próstata aumentada

O tratamento mais eficaz e sem efeitos colaterais pode ser feito com o suplemento nutriterápico "SSP3-Forte".

Finasterida e outros medicamentos normalmente receitados para tratar a HBP são fármacos (químicos sintéticos) que têm sempre muitos efeitos colaterais negativos na virilidade e na masculinidade do homem. ATUAM como CASTRADORES QUÍMICOS! Provocam impotência, diminuem a libido, provocam ejaculação retrógrada e até podem causar GINECOMASTIA (crescimento das mamas nos homens). 

Por isto, uma das boas opções não química é o nutriterápico SSP3-forte. Funciona muito bem e não tem estes efeitos colaterais porque é um nutriterápico natural. 

É a melhor alternativa aos fármacos para tratar a HPB, normalizando o PSA, normalizando o tamanho da próstata e manter a sua próstata saudável.

Para saber como tratar a HPB com o SSP3-Forte,  clique neste link:



Hiperplasia prostática benigna

O tratamento da HPB deve ser em primeira opção, um tratamento natural (Medicina Nutricional Terapêutica), correcto e não agressivo. Sem químicos (fármacos), radiação ou cirurgia.
Só se esta opção não der resultados , então deve-se passar para o tratamento convencional mencionado em cima.

Se o seu médico lhe diagnosticou HBP (ou HPB) e você procura a solução correta e sem efeitos colaterais, eu sempre indico aos meus pacientes o suplemento alimentar nutriterápico chamado “SSP3 Forte”.

Use-o durante 90 dias seguidos na dose correta e começará a sentir bons resultados.

Na minha opinião, tenho mais de 20 anos de experiência, SSP3-Forte é a melhor alternativa aos fármacos para tratar a HPB, normalizando o PSA e o tamanho da próstata, mantendo-a funcional e saudável, o que também irá ajudar a recuperar e a melhorar o seu desempenho sexual.

Pode ler mais sobre o SSP3-Forte, clicando neste link:



Biopsia à Próstata

Biopsia, exame invasivo; quando fazer?

Vários fatores devem ser levados em consideração para verificar se você tem indicação de realizar uma biopsia:

1- Valor do PSA Total e do PSA Livre (este último é indispensável!),
2- Cinética destes 2 tipos de PSA (aumento gradativo),
3- Tamanho e avaliação de lesões na próstata (avaliado na Ressonância Nuclear Magnética ou Ultrasom) 
4- Toque retal realizado pelo seu Urologista.

Causas da próstata

 
A próstata não é uma causa, não é um sintoma, não é uma doença, não se adquire e também não se contrai! 
É um órgão do aparelho reprodutor masculino. Você nasce com ela. O que acontece é que, normalmente depois dos 40 anos, ela pode aumentar de volume e peso, causando problemas de saúde aos homens.
Sobre os Sintomas da HPB (próstata aumentada) Por acaso algum destes sintomas acontece consigo? 
1. Não dorme bem porque está sempre acordar para ir urinar 
2. Ao urinar, tem dificuldade, tem dor e ardor
3. O desempenho sexual está fraco 
4. Tem impotência ocasional e/ou ereções fracas ·
Se alguma destas situações acontece consigo, então deve estar com problemas na próstata. Terá ainda mais probabilidade de poder ter problemas, se: 
· Tem mais de quarenta anos, fumador e
· Tomou ou toma medicação para a hipertensão, para dormir, para a diabetes, para o colesterol, ou anti-alérgicos 
· É inativo ou sedentário (não pratica exercício físico), tem peso e gordura à volta da cintura (diâmetro superior a 94 cm) 
· Bebe café, álcool , cerveja, refrigerantes, leite (e seus derivados) 
· Come muitos doces, cereais e muitos amidos.
Se você se identificou com alguns destes sintomas, visite o seu médico.

domingo, 4 de março de 2018

Prostatite sintomas

Prostatite, fique sabendo os sintomas.

 

Sintomas Locais

·                  Dor ou peso constante na "bexiga"
·                  Dor no ânus
·                  Dor ou incómodo na zona entre o ânus e os testículos
·                  Infeções urinárias
·                  Dor nos testículos e/ou nas virilhas
·                  Acordar para urinar com frequência variável
·                  Dor e/ou ardor a urinar
·                  Aparecer sangue vivo na uretra e/ou sangue no esperma e/ou na urina


Sintomas Funcionais

·                  Orgasmo doloroso ou impossível
·                  Ejaculação precoce
·                  Ejaculação retardada ou impossível
·                  Disffunção erétil/impotência
·                  Dificuldade a urinar


Sintomas Gerais

·                  Perturbações do sono
·                  Ansiedade
·                  Tendência depressiva
·                  Irritabilidade
·                  Fraqueza geral
·                  Calafrios/febre



A prostatite deve-se ao estado inflamatório e/ou infeccioso da próstata. Esta situação, que é vulgar, pode ser de três tipos:
- Prostatite não-bacteriana,
- Prostatite bacteriana aguda (grave) e
- Prostatite crónica (de longa duração).


Tratamento para a Prostatite crónica e não-bacteriana.

Além dos tratamentos convencionais (farmacologia e laser), que são os mais praticados, existem outras opções.
O Nutriterápico SSP3-Forte é a alternativa natural que pode tratar a prostatite não bacteriana e a prostatite crónica.

SSP3-Forte trata o problema SEM os efeitos colaterais dos medicamentos químicos normalmente receitados (fármacos), que prejudicam com frequência a virilidade do homem.


Hiperplasia prostática benigna sintomas

A respeito dos sintomas da HPB. por acaso algum destes sintomas acontece consigo? 
1. Não dorme bem porque está sempre acordar para ir urinar 
2. Ao urinar, tem dificuldade, tem dor e ardor
3. O desempenho sexual está fraco 
4. Tem impotência ocasional e/ou ereções fracas ·
Se tem algum destes sintomas, então deve estar com problemas na próstata. 
Terá ainda mais probabilidade de poder ter problemas, se: 
· Tem mais de quarenta anos, fumador e
· Tomou ou toma medicação para a hipertensão, para dormir, para a diabetes, para o colesterol, ou anti-alérgicos,
· É inativo ou sedentário (não pratica exercício físico), tem peso e gordura à volta da cintura (diâmetro superior a 94 cm), 
· Bebe café, álcool , cerveja, refrigerantes, leite (e seus derivados), 
· Come muitos doces, cereais e muitos amidos.

Se você se identificou com alguns destes sintomas, visite o seu médico.
«««««««««««««««««««««««««««««««««««««

Se o seu médico já lhe diagnosticou HBP (ou HPB) e você procura a solução correta, sem medicamentos químicos sintéticos (fármacos), sem efeitos colaterais e que evite a cirurgia, eu sempre indico a quem me consulta o suplemento alimentar nutriterápico chamado “SSP3 Forte”.

Use-o durante 90 dias seguidos na dose correta e começará a sentir bons resultados.

Na minha opinião, tenho mais de 20 anos de experiência, SSP3-Forte é a melhor alternativa aos fármacos para tratar a HPB, normalizando o PSA e o tamanho da próstata, mantendo-a funcional e saudável, o que também irá ajudar a recuperar e a melhorar o seu desempenho sexual.

Pode ler mais sobre SSP3-Forte, clicando neste link:

P. Brandão
Medicina Nutricional Terapêutica

sábado, 3 de março de 2018

O Gengibre e a saúde da Próstata.

Eis uma noticia que a Indústria farmacêutica deseja que não se divulgue:

 

Gengibre elimina a doença cancerosa da próstata melhor do que a quimioterapia

British Journal of Nutrition




Graças a pesquisa da Universidade de Michigan e quase três séculos de uso medicinal, podemos agora utilizar o gengibre, não só para eliminar as células do carcinoma de ovário, mas também as células do carcinoma de próstata com zero toxicidade.

Verdadeiramente entre os grandes remédios do mundo, o gengibre tem sido muito utilizado para tratar a inflamação e as náuseas, mas os resultados apresentados em uma sessão na American Association for Cancer Research mostram que em cada vez onde o gengibre em pó foi usado para o tratamento de células cancerosas, todas elas morreram em consequência da sua exposição ao composto.
No jargão médico isso é chamado de apoptose (suicídio de células cancerígenas). Quando o gengibre está presente, as células até mesmo atacam umas as outras, o que é chamado de autofagia.
Enquanto o gengibre tem sido considerado um ótimo remédio natural para aqueles que estão passando pela quimioterapia, ele também pode ser usado em quantidades maiores para tratar o câncer por si próprio.


O gengibre também foi comprovado por tratar o carcinoma de próstata.
O British Journal of Nutrition publicou recentemente os resultados de um estudo americano no qual o extrato de gengibre (Zingiber officinale) matou as células cancerosas da próstata humana, enquanto as células saudáveis da próstata foram deixadas sozinhas.
Foi revelado que o extrato integral de gengibre é capaz de encolher o tamanho do tumor da próstata em um colossal 56%. (Os pesquisadores usaram alimentação oral diária de 100 mg/kg por peso corporal de extrato de gengibre em ratos).

“Notavelmente, a alimentação oral diária de 100 mg/kg por peso corporal de extrato de gengibre inibiu o crescimento e a progressão de xenoenxertos PC-3 em cerca de 56% em ratos, como demonstrado por medições do volume do tumor. O tecido do tumor dos ratos tratados com o extrato de gengibre mostraram redução do índice de proliferação e apoptose generalizada em comparação com os ratos usado como controle, como determinado pela immunoblotting e métodos de imuno-histoquímica. Mais importante ainda, o extrato de gengibre não exerceu qualquer toxicidade detectável em tecidos normais, que se dividem rapidamente tais como o intestino e a medula óssea. De acordo com o nosso conhecimento, este é o primeiro estudo a demonstrar a atividade anticâncer in vitro e in vivo do extrato integral de gengibre para o tratamento do câncer de próstata“.

Acrescentando ainda aos benefícios do gengibre, o tempero não tem toxicidade quando consumido mesmo em doses elevadas, e não faz com que as pessoas sofram os efeitos colaterais muito desagradáveis dos tratamentos da quimioterapia e radioterapia.
 A American Cancer Society admite que mais de 15% dos homens serão diagnosticados com câncer de próstata neste ano. Muitos destes casos podem ser remediados com o gengibre.

Enquanto a indústria farmacêutica (com os procedimentos normalmente receitados) faria esses homens e mulheres sofrerem tratamentos muito invasivos, um simples pó de gengibre pode provocar que suas células cancerosas cometam uma morte certa.


SSP3 e o tratamento da HPB com remédios de farmarcia


SSP3-Forte VALE BEM MAIS DO QUE CUSTA!

A justificativa é fácil de entender, apesar de ser pouco pensada e lembrada. Façamos então uma análise custo/ beneficio para a sua saúde masculina.

“O maior erro que um homem pode cometer é sacrificar a sua saúde a qualquer outra vantagem”. Arthur Schopenhauer – Filósofo alemão

O preço do SSP3-Forte dá cerca de pouco mais de 1 dólar por dia, ou um pouco menos de 1 euro por dia.
Se pensar bem nos custos que os problemas de próstata (HBP) normalmente têm:
- Consultas no médico,
- Toma de medicamentos químicos (riscos dos efeitos adversos que os médicos NUNCA avisam, tais como ejaculação retrógrada, diminuição da libido, impotência sexual, e, até, ginecomastia, que é o aumento anormal das mamas nos homens))
- Cirurgia e seus efeitos pós-operatórios, entre os quais,
- O risco de ficar impotente (sem sexo) ou incontinente (usando fraldas o resto da vida, já imaginou?). Ambas as situações são horríveis para um homem!

Pensando nisto tudo e tendo em conta os efeitos benéficos do SSP3-Forte na próstata, o preço dele não é alto e tem um valor incomparável para a saúde masculina.

Aqui se demonstra bem que, os benefícios do SSP3-Forte em relação ao custo de sofrer com a doença (HPB), são bem superiores e importantes para qualquer homem, como eu e você.

Tendo em conta esta análise bastante realista, os benefícios do SSP3-forte têm um valor enorme para qualquer homem que queira ter a próstata sempre saudável e evitar possíveis problemas.

Sua masculinidade e Virilidade deixa de estar em perigo.

Saiba o que os utilizadores (testemunhos) dizem do SSP3-Forte, publicado na Internet, clique neste link:
http://problemasnaprostata.blogspot.pt/2013/10/faq-perguntas-e-comentarios-frequentes.html
...e os Inquéritos Clínicos aos próprios utilizadores, aqui neste link:
http://problemasnaprostata.blogspot.pt/2015/02/inqueritos-testemunhos-ssp3-forte.html
Estudo Clínico controlado, randomizado e de longa duração, sobre a eficácia  do SSP3-Forte:
http://problemasnaprostata.blogspot.pt/2016/03/estudos-de-eficacia-do-ssp3-forte-no.html

Resumindo o fator custo/benefício:

CUSTO:
• Cada unidade do SSP3-Forte, com 60 cápsulas custa 29,95 euros (cerca de 120,00R$) + 9 euros para o frete (cerca de 36,00R$). Se comprar 3 unidades (dose para 90 dias, que é o que se aconselha)  terá 15% de desconto. Isto baixará ainda mais o custo.

BENEFÍCIO:
• Manutenção dos níveis corretos do peso, volume e PSA da Próstata.
• Evita a cirurgia, os efeitos pós-operatórios
• SEM os efeitos colaterais dos medicamentos (fármacos) normalmente receitados, que prejudicam muito a masculinidade e a virilidade do homem.
• Qualidade de vida mantida ou recuperada.
• Sintomas que nunca vai ter, ou irão desaparecer se os tem:
1. Dormir mal porque está sempre acordar para ir urinar. Desaparece!
2. Ao urinar, ter dificuldade, ter dor e ardor. Desaparece!
3. O desempenho sexual fraco. Desaparece!
4. Impotência ocasional e/ou ereções fracas. Desaparece!

A decisão final é sempre sua!