segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

PROGRAMA EM OITO ETAPAS PARA AJUDAR AO BEM-ESTAR DA (sua) PRÓSTATA

Etapa 1.
Evite irritantes conhecidos. Álcool, cafeína, cigarros, e comida com gordura (saturada de origem animal) são tão maus para a sua próstata como para qualquer parte do seu corpo, por isso mantenha-se longe deles. (Os whiskeys muito saborosos, como o escocês, contêm óleos aromáticos que causam especial irritação da próstata). E uma vez que os fluidos eliminam as substâncias nocivas do corpo, assegure-se de que bebe muitos - especialmente água. A cerveja também não é uma bebida boa para a saúde da próstata.


Etapa 2.

Mantenha-se sexualmente activo. A actividade sexual é natural, saudável e boa para a próstata. Sabemos que a incidência de problemas da próstata é mais baixa em homens sexualmente activos. Também sabemos que a actividade sexual mantém um fluxo sanguíneo saudável para os órgãos reprodutores - o que é importante, porque os homens com problemas vasculares tornam-se muitas vezes impotentes.

Abster-se de sexo pode desequilibrar o sistema todo e causar irritação na próstata, mas demasiado sexo também o pode fazer. Use o seu bom senso. Se passar a noite toda a fazer amor - especialmente se atrasar a ejaculação uma e outra vez - vai irritar a sua próstata. E se não utilizar um preservativo para se proteger, está a pedir uma infecção.


E a atitude "festa ou fome" em relação ao sexo também pode ser perigosa. O Dr. Monroe Greenberger, uma das maiores autoridades sobre os problemas da próstata, conta a história de um marinheiro que ficava longe da mulher durante longos períodos de tempo enquanto andava no mar. Quando voltava a casa, ele e a mulher tentavam recuperar o tempo perdido o melhor possível. Depois voltava ao seu dever, deixando-a outra vez. Escusado será dizer, acabou por ter que ir visitar o Dr. Greenberger por causa duma próstata muito irritada.



Etapa 3.

Deixe o sofá e mova-se. Mesmo só um passeio todos os dias ajuda. Os homens fisicamente activos têm tendência a ter menos problemas da próstata para começar e os que já têm problemas dão-se conta de que o exercício lhes alivia os sintomas - provavelmente porque o exercício aumenta o fluxo de oxigénio e de sangue a todos os tecidos, incluindo os da próstata.

O exercício é uma das melhores coisas que pode fazer pelo seu completo bem-estar. Tonifica o corpo, dá-lhe mais energia e até alimenta a mente. As pessoas que fazem exercício regularmente são mais optimistas e capazes de resolver os problemas de saúde com uma atitude positiva. E uma atitude positiva, por si só, já provou ter um efeito dramático nas curas.




Etapa 4.

Preste atenção à sua alimentação. Em geral, recomenda-se uma dieta de Ayurveda ou macrobiótica - rica em vegetais e com poucas proteínas animais ou outras gorduras saturadas - para prevenir e tratar o cancro da próstata. Todas as práticas de Ayurveda aumentam o nível de células T e aumentam a actividade do sistema imunológico que ajudam o seu corpo a lutar contra doenças. E a quantidade de gordura que come, especialmente gorduras saturadas, afectam o nível de hormonas. Demasiadas, podem causar problemas da próstata.

Se seguir uma dieta com poucas gorduras, ajudará a manter todo o seu corpo em óptimas condições físicas. Além do mais, se estiver gordo, ajuda-o a perder esses quilos extra e a evitar os diversos problemas (incluindo os problemas da próstata) que a obesidade pode causar.


Aqui estão algumas recomendações específicas que podem ajudá-lo, também:

Coma mais vegetais e reduza as carnes vermelhas. Melhor ainda, como muito mais peixe, em especial os gordos, como o salmão e a sardinha. 
Comer mais  vegetais porque contêm toda a espécie de vitaminas, minerais, antioxidantes (que reforçam o sistema imunitário e o sistema circulatório) e fitoquímicos (que aumentam o número de células T no seu corpo).Os frutos vermelhos, como os tomates, morangos, melancia, cerejas, mirtilos, etc., também são muito importantes, porque contêm Licopeno e outros combatentes dos radicais livres, fundamentais à protecção da sua próstata ( problemas cancerígenos)

- Evite o café, o álcool e o leite UHT.

- Coma alimentos ricos em vitamina E, zinco e magnésio. Tem vitamina E em óleos vegetais, alimentos integrais, gérmen de trigo, nozes e vegetais com folhas verdes. As sementes de abóbora são uma boa fonte de zinco (um ingrediente crucial para manter uma próstata saudável) e de magnésio (que os cientistas franceses provaram ser eficaz para o tratamento de problemas da próstata).


- Assegure-se de que ingere bastantes ácidos gordos na sua alimentação. Os ácidos gordos parecem influenciar a produção de prostaglandinas. Por isso, uma vez que a deficiência de prostaglandinas pode ser uma causa de HBP, junte óleos de peixes como de Bacalhau, salmão, sardinha ( procure pelo suplemento nutricional " NORMALINNE", ele tem a composição sinergética ideal) à sua alimentação e suplemente-a diariamente com estes óleos graxos. Ou pode tomar uma a duas colheres de sobremesa de óleo de linhaça (comprimido a frio). 
As bagas frescas (tal como os óleos peixe), são outra boa fonte de ácidos gordos (e fitoquímicos).

- Evite margarina, óleos vegetais hidrogenados e comida frita. Interferem com a produção de prostaglandinas. Muito maus para a saúde da sua próstata.


-  Coma mel. No Camboja, os nativos comem pólen e favos de mel para manter a próstata saudável. Este preventivo natural tem outro benefício - ajuda a tratar a impotência. Estudos científicos modernos demonstraram que o pólen ajuda a próstata a funcionar em condições. Está cheio de vitaminas e minerais importantes para a função glandular e a produção de testosterona, a hormona masculina mais importante.




Etapa 5.

Tome suplementos de vitaminas, minerais e antioxidantes. Não pode depender de frutos e vegetais para os nutrientes de que necessita porque tantos deles crescem em solos com falta de minerais. Por isso, poderia suplementar a sua alimentação diariamente com vitamina A (até 10.000 U.I.s), vitamina E (até 400 a 800 U.I.s), vitamina C (500 a 1000 miligramas) e selénio (200 microgramas).

O mais importante para a saúde da próstata é o zinco (60 mgs por dia). Muitos médicos que utilizam as terapias naturais usam o zinco como a base dos programas para os problemas da próstata. Isto, porque há evidência de que os homens que sofrem de problemas da próstata têm baixos níveis de zinco nos fluidos prostáticos. Suplementando a sua dieta com zinco pode aumentar os níveis e reduzir a hipertrofia da próstata. De facto, num estudo, 14 de 19 pacientes da próstata que foram tratados com zinco exibiram uma diminuição do tamanho da próstata em só dois meses.





Etapa 6.
Adicione SSP3 Forte  ao seu regime diário. 

Tenha cuidado quando comprar suplementos porque o número de miligramas de saw palmetto na etiqueta ou na cápsula pode enganar. Por exemplo, 300 mgs dum extracto a 4:1 é muito menos potente do que 160 mgs de um extracto a 20:1. Para obter os melhores resultados o produto deve conter, por cápsula, 135 mgs de um extracto a 20:1, que vem especificado som uma alta percentagem por cento de ácidos gordos. 

Saiba que o SSP3Forte é produzido em laboratório europeu certificado com o ISO 9001. Outras formas, menos eficazes, de Saw palmetto incluem bagas moídas que têm uma potência de 1:1, tinturas que têm uma potência de 1:1 a 4:1 em álcool, e um pó de potência 4:1 ou 10:1 em comprimidos ou cápsulas.

O SSP3-Forte é uma formulaçõa completa e sinergética para ajudar a combater a HPB ( ou HBP). Todos estes ingredientes, no SSP3 Forte, actuam ou ajudam a actuar Positivamente sobre a Próstata. Portanto, por analogia, SSP3 Forte contém uma boa composição para promover o funcionamento saudável da sua Próstata. 

Examine você mesmo, alguns dos componentes básicos, que nenhuma outra composição tem:

1. Ingrediente I, é rico em Beta-Sitosterol, que impede a conversão da Testosterona em Dehidrotestosterona (DHT), diminuindo assim as causas do aumento da próstata.


2. Ingrediente II , reforça eficácia do Ingrediente I, porque também contém Beta-Sitosterol. Mais, estudos recentes demonstraram tem um efeito anti-estrogénico, o que é benéfico, pois sabe-se que o estrogénio contribui para os problemas da Próstata ao inibir a eliminação do DHT.


3. Ingrediente III, outra planta medicinal muito utilizada pelos antigos no tratamento dos males da próstata, rins e bexiga. Ajuda na melhoria do jacto urinário.


4. Ingrediente IV, é uma das vitaminas mais importantes para a saúde e bem-estar do aparelho reprodutor masculino, do qual a próstata faz parte.


5. Ingrediente V, um Mineral que é elemento essencial a muitas funções do organismo humano, sendo que uma das mais importantes é a de promover o bom funcionamento da próstata e do sistema reprodutor masculino. Ajuda a reduzir o tamanho porque está relacionado com a diminuição da produção da DHT. Tem ainda um efeito anti-bacteriano, ajudando a evitar as infecções urinárias.


6. Ingrediente VI, que faz a grande diferença nesta formula e que podemos revelar; é o Licopeno, um potente antioxidante que ajuda à prevenção do cancro (cancer) da próstata.




Outros tratamentos à base de ervas a experimentar:

A ambrosia - foi demonstrado que de facto reduz o tamanho dos tumores  e os efeitos secundários das radiações.

O chá de salsa pode ser eficaz para qualquer problema do aparelho urinário, incluindo HBP. A salsa é uma boa fonte de vitamina A e também é diurética, o que promove o fluxo de urina.




Etapa 7.

Tente a aromaterapia. A aromaterapia é o uso terapêutico de óleos essenciais. Os óleos podem ser tomados por via oral ou colocados no corpo depois dum banho de chuveiro ou imersão. Por vezes receito um óleo específico para ser aplicado à hora de deitar para que possa ter efeito enquanto o meu paciente dorme.

Se está interessado em usar a aromaterapia para tratar ou evitar os problemas da próstata, consulte um praticante de Ayurveda ou médico homeopático.




Etapa 8.

Descontraia-se. Alguns estudos têm demonstrado que as pessoas que sofrem de doenças de coração, apoplexias, ou cancro (cancer), assim como outras doenças, beneficiam imenso apenas de uma atitude mental positiva e da vontade de melhorar. Todas os métodos médicos Orientais realçam a importância duma mente em paz para um bem-estar total. E com boas razões. O seu corpo reage fisicamente à tensão emocional no seu cérebro - mesmo que não se dê conta disso. A tensão dá origem a hipertensão, o assim chamado "assassino silencioso" que está na origem dos ataques de coração, apoplexias, e até deficiência renal. A tensão também é um factor que contribui para as úlceras e tem sido indicado como uma possível causa da fraqueza do sistema imunitário. O simples facto é que aprender a controlar a tensão pode mantê-lo saudável.

Aconselhamos todos a praticar uma forma de terapia de descontracção - uma que dê bem-estar à mente e ao corpo e ao mesmo tempo lhes dê energia. Assim se evita que o corpo literalmente se gaste e fique susceptível a doenças e enfermidades.


O melhor medicamento que conheço para a mente/corpo é a meditação transcendental (MT) - uma técnica que lhe permite alcançar um estado de descontracção estável que é mais repousante que o sono.


A acupunctura e acupressão também são excelentes. Estas técnicas dão energia e equilibram as funções da mente e do corpo que por isso funcionam mais eficazmente e em melhor harmonia uma com o outro. Ambos têm que ver com os pontos de pressão que influenciam dores, e "desequilíbrios" no seu sistema - alguns dos quais afectam especificamente a próstata. Sabe-se que a acupunctura e acupressão têm aliviado os sintomas de HBP, cancro da próstata e prostatite.


Tai Chi é um extraordinário exercício para o tratamento e prevenção de doenças. Esta arte antiga chinesa tonifica o corpo, canaliza a mente e dá energia ao sistema.


Todas estas técnicas de descontracção necessitam instrução pessoal - o que existe em quase todas as cidades. Veja na sua lista telefónica ou peça recomendações a amigos.


Este programa tem ajudado centenas de pessoas nos Estados Unidos da América com problemas de próstata - e até cancro - e também pode funcionar para si. Mas nunca foi destinado a substituir cuidados médicos normais. Se já tiver sintomas, tem que visitar um médico que pode controlar o seu progresso e trabalhar consigo para projectar um plano de tratamentos que se adapte a si e às suas necessidades individuais.


Mas como já mencionamos antes, depende de si. Se sofre de sintomas na próstata, pode começar hoje com o Programa em Oito Etapas. E se não tem sintomas na próstata, o nosso conselho é o mesmo: comece hoje com Programa em Oito Etapas. Não permita que se torne uma das estatísticas de que falamos.










Legenda:  Estudos nos Estados Unidos da América



Referências: Prevention, Junho de 1992 e Junho de 1994; Journal of the American Medical Association, 6 de Julho de 1994; Geriatrics, Julho de 1994; Today's Living, Fevereiro de 1990; The New England Journal of Medicine, 13 de Outubro de 1994; U.S. News & World Report, 22 de Novembro de 1993; NCAHF Newsletter, Maio-Junho de 1993; Options, Avery Publishing, Garden City Park, New York, 1993; The Saw Palmetto Story, Vital Communications, 1990; Alternative Medicine, Future Medicine Publishing, Puyallup, Washington, 1993; Perfect Health, Harmony Books, New York, 1991; The Prostate Cancer Report, by PAACT, Grand Rapids, Michingan.


Mais informações do SSP3-Forte:
www.ssp3forte.com





ATENÇÂO:

Este blog não se destina a prescrever, a diagnosticar ou a curar qualquer doença e sim a informar. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Este blog foi feito a partir de investigação e estudo de tratamentos convencionais e tratamentos alternativos (frequentemente chamados de naturais) com o fim de informar o leitor de modo a que possa ficar ciente dos problemas da próstata e como poderá vir a tratá-los.







Todos os directos reservados

Copyright

P. Reynolds Brand

E-Mail: leptix@gmail.com